Cat FS DR 1971-1

Biografia


Guadalajara, Espanha, 1932 —
Bernay, França, 2014

Francisco Sobrino nasceu em 1932 em Guadalajara, Espanha e morreu em 2014 em Bernay, França. Em 1946, ele partiu para a Argentina para estudar na Escola Nacio­nal de Belas Artes de Buenos Aires e conheceu, entre ou­tros, Horacio Garcia Rossi e Julio Le Parc. Ele se mudou para Paris em 1959 e co-fundou com eles, assim como François Morellet, Joël Stein e Yvaral, o GRAV (Grupo de Pesquisa em Arte Visual) em 1960.

Francisco Sobrino explorou o uso de novos materiais, como o Plexiglas e aço inoxidável, que montou em cons­truções complexas com base em um vocabulário de for­mas geométricas simples. Sobrino participou de muitas exposições, em especial no Grand Palais em Paris para o Dynamo em 2013, no Museu de Belas Artes de Houston (Texas) em 2012 e no Museu Nacional de Arte Reina Sofia (Madrid) em 2007.

O seu trabalho é destaque em inúmeras coleções de mu­seus, como o Museu Nacional de Arte Moderna – Centre Pompidou em Paris, a Coleção Peggy Guggenheim em Veneza, o Museu de Arte de Tel Aviv, a Coleção Tate em Londres, o Museo Centro Nacional de Arte Reina Sofia em Madri, o Museu Nacional de Bellas Artes em Buenos Aires, o Museu de Belas Artes de Boston e o Hirschhorn Coleção (Washington).

Em 2015, foi inaugurado o Museu Francisco Sobrino em Guadalajara (Espanha), cidade natal do artista.